Política

Renan Filho mudará secretários na próxima semana


Redação
Fonte: Blog do Edivaldo Júnior

28/02/2021 11h05

Esperada desde o final das eleições de novembro de 2020, a reforma administrativa do governo de Renan Filho deve ser retomada nesta semana. Até o momento, a única pasta que mudou foi a da Segurança. Alfredo Gaspar de Mendonça entrou no lugar de Lima Júnior em janeiro.

De acordo com informações veiculadas no Blog do jornalista Edivaldo Júnior, a expectativa desde então é que o governador defina como ficam secretarias que estão comandas por interinos, mas tudo indica que a mudança começará mesmo pela Agricultura. A pasta está na cota do deputado federal Marx Beltrão (PSD), que já pediu para trocar o titular. O indicado é o irmão dele, Maykon Beltrão, que perdeu a disputa para a prefeitura de Coruripe contra Marcelo Beltrão.

Atualmente o secretário da Agricultura é João Lessa Neto, que também foi indicado pelo deputado federal. A proposta seria mantê-lo como adjunto. Nesse caso será preciso saber se o convite seria aceito.

O governador conversou essa semana com Marx e já avisou que vai resolver a questão na próxima semana. Pode manter Lessa, mas tudo aponta para a nomeação de Maykon.

A Agricultura, seja quem for seu titular, deve receber novos programas e retomadas de ações suspensas – tudo idealizado pelo atual secretário.

Fora a Seagri, a expectativa é que as mudanças avancem para outras pastas, a começar pela Ciência e Tecnologia. A Secti tem Rodrigo Rossiter como interino desde a desincompatibilização de Cecília Rocha, atual prefeita de Atalaia.

Outras secretarias estão com interinos à espera de confirmação ou de nomeação de novo titular. Esse é o caso Secretaria de Esportes (Selaj), desde a desincompatibilização de Claudia Petuba, que não conseguiu se eleger vereadora em Maceió. A reforma pode incluir ainda outras pastas, a exemplo de Seprev e Educação.

No rearranjo de forças políticas, Renan Filho tenta manter sua atual base de apoio político, a começar pela bancada federal. Atualmente os deputados Paulão (PT), Isnaldo Bulhões (MDB), Sérgio Toledo (PL), Marx Beltrão (PSD) e Nivaldo Albuquerque (PTB) têm cargos no governo do Estado. Severino Pessoa (Republicanos) e Tereza Nelma (PSDB) têm conversado com o governador, o que abre possibilidade de composição – embora ainda remota hoje. Pedro Vilela (PSDB) e Arthur Lira (PP) estão ainda mais distantes de qualquer aliança com o Palácio dos Palmares – ao menos por enquanto.

 



Compartilhe