Pop & Arte

Marília Mendonça se desculpa após fala transfóbica durante live


Juliana Leandro (estagiária sob supervisão)
Fonte: Jornal de Alagoas

10/08/2020 16h00

Em live no último sábado (08), cantora Marília Mendonça fez uma piada transfóbica sobre a ida de um colega músico a uma boate LGBT. "Ele disse que lá foi o lugar em que ele beijou a mulher mais bonita da vida dele. É só isso. O contexto vocês não vão saber", disse a cantora. "Era mulher mesmo", respondeu o músico que teria ido ao local.

Após a live, algumas pessoas foram às redes sociais reclamar da atitude da cantora sertaneja e a acusaram de transfobia. A modelo e youtuber Bruna Andrade fez um longo vídeo intitulado: "Marília Mendonça e a transfobia explícita. No vídeo eu mostro um exemplo claro de como a transfobia é naturalizada na nossa sociedade."

"Primeiro queria perguntar qual a graça de existir uma boate para o público LGBT? As risadas são de deboche... eles estavam debochando de um amigo que ficou com uma menina trans. Quando terminei de ver, fiquei me perguntando onde estava a piada. Qual a graça de um cara se relacionar com uma menina trans?".

"Foi muito duro ver minha musa falar que qualquer cara que demonstra afeto por mim é chacota. Ou seja, não sou digna de ser amada, receber carinho? Todo relacionamento que eu tiver vai ser vergonha, vai ser engraçado?  Isso tem um desdobramento muito pior, isso gera violência, isso era assassinato", citou Bruna.

Nome da cantora apareceu entre os tópicos mais comentados do twitter após internautas reforçarem as críticas.Personalidades como Felipe Neto e Pablo Vittar também repudiaram atitude da cantora.

Marília se desculpou através de publicação em sua rede social na manhã dessa segunda-feira (10). "Pessoal, aceito que fui errada e que preciso melhorar. Mil perdões. De todo o coração. Aprenderei com meus erros. Não me justificarei".



Compartilhe