Pop & Arte

Morre Sumner Redstone, dono da Paramount, aos 97 anos


Fonte: O Globo

12/08/2020 13h30

Morreu, na tarde desta terça-feira (11), o bilionário Sumner Redstone, dono da ViacomCBS, controladora de gigantes do entretenimento como Paramount Pictures, MTV, CBS, Showtime, Nickelodeon, Miramax e Comedy Central. Redstone tinha 97 anos e, segundo sua filha, Shari Redstone, morreu de causas naturais.


“O meu pai teve uma vida extraordinária, que não só deu forma ao entretenimento como o conhecemos hoje, mas também criou um legado familiar incrível. Durante tudo o que passamos, nunca deixamos para trás o amor que existia entre nós. Ele era um pai, avô e bisavô maravilhoso. Tenho orgulho de ser filha dele, e sentirei sua falta”, afirmou Shari, atual administradora da ViacomCBS.

Redstone se manteve à frente da ViacomCBS até 2016, quando, aos 93 anos, passou o comando a sua filha por pressão de acionistas preocupados com sua idade e sua a capacidade mental. Segundo a revista “Forbes”, Redstone deixa uma fortuna estimada em US$ 4,8 bilhões que agora vai para um fundo familiar. O fundo foi criado após uma batalha judicial em que ex-namoradas de Redstone e seu ex-protegido, Philippe Dauman, exigiam parte dos bens do bilionário.

Nascido na comunidade judaica de Boston, em 1923, Redstone foi um advogado de sucesso antes de apostar no entretenimento. Começou com uma pequena cadeia de cinemas drive-in, herdada do pai. Por meio de negociações e batalhas na Justiça, construiu um império midiático que incluiu a produtora Paramount, canais de televisão como a MTV e a CBS e a editora Simon & Schuster. Ele assumiu o controle da ViacomCBS em 1987, aos 64 anos. Em 1994, o executivo da Warner Brothers Barry Reardon, afirmou que ser concorrente de Redstone era “um destino pior do que a morte”.Aos 55 anos, Redstone se agarrou ao parapeito da janela de um hotel em Boston para se salvar de um incêndio que deixou metade de seu corpo queimado. À "Forbes", ele afirmou que sempre fora "determinado", mas que, daquele incêndio, "vieram algumas das coisas mais empolgantes que já fiz".

Em 2006, aos 83 anos, Redstone abandonou uma luxuosa semiaposentadoria em Beverly Hills, na Califórnia, e rompeu publicamente com o ator Tom Cruise, à época o maior astro da Paramount. Redstone estava incomodado com o comportamento de Cruise, que falava abertamente de sua conversão à cientologia. O magnata também não estava feliz com o contrato de Cruise, que garantia ao ator uma porcentagem robusta dos lucros dos filmes que estrelava.



Compartilhe