Pop & Arte

Parrerito, do Trio Parada Dura, morre nesse domingo, vítima da Covid-19


Fonte: O Globo

14/09/2020 09h35

Morreu na noite desse domingo (13), por volta das 22h, o cantor Parrerito, do Trio Parada Dura. Ele tinha 67 anos e estava internado há 16 dias em um hospital de Belo Horizonte, onde foi diagnosticado com Covid-19. No dia 31, Parrerito teve um mal súbito e precisou ser mantido na UTI, por ser membro do grupo de risco, tanto pela idade quanto por seu quadro de diabetes.

Em um post no perfil da banda, a equipe do Trio Para Dura prestou sua homenagem ao cantor: "Igual a andorinha, Parrerito parte voando e deixa um Brasil inteiro já com saudade de sua voz que por quase quatro décadas marcou gerações no Trio Parada Dura. Ficará para sempre em nossos corações e na memória da música sertaneja. Parrerito deixa mulher, filhas e netas que eram sua grande paixão".

Eduardo Borges, o Parrerito, nasceu em São Fidélis (RJ), mas consolidou sua carreira em Minas Gerais, especialmente no Trio Parada Dura. A banda, atualmente, era formada por Parrerito, Creone e Xonadão. Os outros membros do grupo testaram negativo para o novo coronavírus. A mulher de Parrerito também havia sido diagnosticada com Covid-19, mas se recuperava em casa.

O cantor morava em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, e deixa, além da esposa, filhas e netas.

"Tenho tantas histórias pra contar de você, meu amigo do peito. Obrigado por tudo que fez por mim e meu eterno irmão Leandro. Principalmente por nossa música sertaneja ! Descanse em paz", escreveu o cantor Leonardo no Instagram.

O cantor sertanejo Gusttavo Lima também se manifestou pela rede social: "Que Deus o tenha... Descanse em paz grande Parrerito!!!".



Compartilhe