Rural

Beneficiários do Programa do Leite pedem diálogo com governo


Fonte: Assessoria

01/08/2020 09h00

Em busca de uma solução que possa assegurar a manutenção do Programa do Leite em Alagoas, suspenso pelo Governo do Estado para que pudesse ser reformulado, a Federação das Associações de Moradores e Entidades Comunitárias de Alagoas (Famecal) encaminhou ofício ao secretário de Estado da Agricultura, João Lessa, solicitando uma audiência para debater a continuidade do programa.

No documento, a federação pede que sejam somados esforços “com o objetivo de conseguirmos dialogar com o governador Renan Filho sobre a importância da manutenção do Programa do Leite para as famílias carentes do Estado de Alagoas”, afirma o ofício.

A Famecal destaca ainda que, diante do quadro da pandemia da covid 19 que assola Alagoas e o mundo, as famílias beneficiadas pelo Programa do Leite foram profundamente afetadas pelos efeitos econômicos negativos.

O programa atende mais de 80 mil famílias carentes do Estado com a distribuição semanal de leite fornecido por mais de três mil agricultores familiares alagoanos.

O Programa do Leite é a ação do Governo do Estado, em parceria o Governo Federal, presente em todas as regiões e em todos os bairros e comunidades de grandes cidades, a exemplo de Maceió, onde a entrega do leite é feita em cerca de 670 pontos.



Compartilhe