Rural

Leilão Barros Correia traz nelore de tradição e evolução


Fonte: Assessoria

31/08/2020 11h40

Marca de tradição e  símbolo da evolução do nelore,  a seleção Barros Correia  poderá ser acessada por meio do 19º Leilão Barros Correia, dia 24 de outubro. O remate  será, a princípio,  em formato digital conforme os avanços na liberação de eventos  em virtude da pandemia do novo coronavírus. 
 
Liderado pelo irmãos Celso, Aloísio e Ricardo , o leilão é um retrato do nelore produzido há mais de 40 anos na Fazenda Recanto. Segundo Celso Barros Correia, serão mantidas as ofertas ofertas de nelore PO, com 70 touros e mais 70 matrizes. A prateleira  também terá novilhas como mercadoria voltada para pecuária de corte.
 
"O leilão vem mais forte do que nunca. Vamos ofertar  animais de genética top, fruto das  famílias mais importantes do nelore. A nossa oferta vem pautada em muita qualidade, com animais ",  confirmou Celso. 
 
O remate também deve atender aos criatórios que vão repor o rebanho e fazer a estação de monta. A expectativa é que os IBC's atraiam investimentos de criadores   de todo Brasil. "Felizmente, o rebanho IBC carrega  uma das genéticas mais requisitadas no mercado, então já temos uma procura grande. E nosso  rebanho já está para mais uma vez honrar nossos cliente pronto", diz Celso. 
 
 De norte a sul, segundo Celso,  o cenário é considerado positivo. "Está havendo um desempenho positivo em termo de preço na exportação  e a demanda interna tem aumentado. Sem contar que tivemos um ano muito bom em termo de distribuição de chuvas e a atividade segue valorizada com recomposição de preço. Isso vem nos estimulando".



Compartilhe