Rural

Genética de equilíbrio é ponto forte do rebanho Nelore Positivo


Fonte: Assessoria

06/10/2020 15h30

O Agro CPMF, do criador Celso Pontes de Miranda, é consumidor de sua própria produção de gado nelore, o que comprova a qualidade  genética compartilhada com o mercado através do Leilão Nelore Positivo há quase 20 ano. O criatório promove melhoramento genético com a ferramenta de programas, mas o equilíbrio entre beleza racial e a plasticidade genética é o ponto forte da seleção. 
 
Segundo o criador, o rebanho precisar ter " bovino nelore com a cara do nelore". Celso  explica que a criação  deve encontrar equilíbrio perfeito entre as características produtivas e a beleza racial. "A cada safra buscamos a evolução de uma geração sobre a outra. Buscamos produzir um rebanho que tenha alto desempenho produtivo e boa avaliação mas que seja lapidados e preservados em suas características raciais. Para isso utilizamos genética precoce e provas de ganho de peso e o programa de melhoramento", disse Celso.
 
O Nelore CPMF, que seleciona o rebanho à campo,  entrega ao mercado animais com superioridade em todas as características de impacto econômica, provando mais ganho de peso, habilidade materna, precocidade sexual e estrutura animal de acordo dentro do padrão da raça. "O objetivo é preservar o racial e selecionar animais de alto valor agregado, imprimindo muito desempenho e rendimento.  Animais com genealogia totalmente aberta para todos os trabalhos de acasalamento", incluiu o criador. 
 
O criador que desejar investir em animais de produção sem perder o padrão racial, não deve perder a edição deste ano do Leilão Virtual Nelore Positivo, dia 27 de outubro, durante a 70º Expoagro/AL, que é promovido pelo pecuarista Celso Pontes de Miranda. O rebanho conta com 25 touros Puros de Origem (PO) avaliados,  oito vacas paridas, 85 novilhas cara limpa, além de lotes de 50 bezerros.



Compartilhe