Rural

Pedro Robério destaca empenho do setor na safra 20/21


Fonte: Assessoria

16/10/2020 08h00

Com um mês e meio de iniciada, a safra 20/21, que foi aberta pela usina da Cooperativa Pindorama, em agosto passado, segue a pleno vapor. Segundo o presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira, as 15 unidades industriais estão operando na mais perfeita normalidade de produção, “executando todas as atividades agrícolas e industriais de forma plena para que possam executar uma safra de êxito, apesar das dificuldades enfrentadas nos últimos anos”, afirmou o dirigente do setor.

De acordo com Pedro Robério, neste ano de 2020, toda a atividade econômica e humana está seriamente atingida pela pandemia da covid – 19. “Mas, o trabalho das unidades de Alagoas, que vem sendo executado desde setembro passado, assegura o empenho empresarial dos fornecedores de cana e dos trabalhadores e da própria indústria para a execução de uma safra exitosa”, declarou o dirigente, destacando a melhora climática que foi sentida nos últimos meses na região canavieira alagoana.

Safra

Na safra 20/21, segundo estimativas das unidades produtoras, deverão ser processadas 18 milhões de toneladas de cana o que representa um crescimento superior a 6% em comparação a moagem 19/20, onde foram processadas 16,9 milhões de toneladas.

Em relação a produção de açúcar, a expectativa é que sejam produzidos 1,5 milhão de toneladas, sendo pouco mais de um milhão do tipo VHP e mais de 454 mil toneladas do cristal.Já no item etanol, a produção estimada é de 471 milhões de litros. Deste total, mais de 233 milhões de litros são do tipo anidro e mais de 237 milhões do hidratado.

De acordo com dados do departamento Técnico do Sindaçúcar-AL, desde o último dia 25 de setembro, todas as 15 unidades produtoras do Estado estão em operação.



Compartilhe