Rural

Novo estudo descobre fungo capaz de inibir praga da soja


Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink

22/11/2020 16h30

O nematoide do cisto da soja suga os nutrientes das raízes da planta, causando mais de US$ 1 bilhão em perdas de rendimento da oleaginosa nos Estados Unidos a cada ano. Um novo estudo descobriu que um tipo de fungo pode reduzir o sucesso reprodutivo dos nematóides em mais da metade.

"Os nematoides do cisto da soja sobrevivem no solo como ovos nos cistos", disse Glen Hartman, pesquisador do Serviço de Pesquisa Agrícola do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos no departamento de ciência de culturas da Universidade de Illinois. em Urbana-Champaign. Hartman liderou a nova pesquisa com a estudante de graduação Michelle Pawlowski. “Os ovos eclodem no início da estação de crescimento e os juvenis penetram no tecido da raiz e migram para o sistema vascular da planta. As fêmeas encontram um local de forrageamento e permanecem lá pelo resto de suas vidas. Eles tiram os nutrientes da planta de soja, o que reduz a produtividade da planta”, completou.

Estudos anteriores descobriram que fungos no solo que formam relações mutuamente benéficas com a soja e outras plantas podem influenciar o sucesso de nematóides de plantas parasitas, incluindo SCN. Mas a eficácia do uso desses "fungos micorrízicos arbusculares" para impedir fungos parasitas em plantas varia de estudo para estudo, tornando os produtores relutantes em adotar isso como método de controle, disse Hartman.

"Neste estudo, observamos cinco espécies diferentes de fungos micorrízicos arbusculares para ver se eles diferiam em sua capacidade de proteger a soja contra SCN", disse Pawlowski. "Descobrimos que logo aos sete dias após a inoculação, as raízes que foram inoculadas com  F. mosseae  foram colonizadas com um número significativamente menor de nematóides juvenis", concluiu.



Compartilhe