Rural

Alexandre Toledo deixa legado para Alagoas


Redação
Fonte: Gazeta Rural

06/04/2021 16h40

O setor agropecuário alagoano perdeu, esta semana, um dos seus mais respeitados nomes. Aos 65 anos de vida, Alexandre Toledo faleceu, em São Paulo, onde realizava tratamento médico, vítima de complicações da covid-19.

A morte de Toledo, que dedicou a vida ao agronegócio e a política alagoana, gerou uma comoção em todos os segmentos do Estado, principalmente no agro, onde ele é um dos seus maiores entusiastas.

“Alexandre Toledo reunia um conjunto raro no ser humano de grande técnico, hábil político, excelente caráter e eficiente gestor. Além da saudade, nos deixará um enorme vazio”, declarou o presidente do Sindaçúcar-AL, Pedro Robério Nogueira.

Alexandre Toledo foi secretário de Estado da Agricultura e também da Saúde, além de ter exercido o cargo de deputado federal e prefeito do município de Penedo.

De acordo com o presidente da Faeal, Álvaro Almeida, à frente da pasta da Agricultura, no governo Teotonio Vilela, mesmo em meio a um cenário de dificuldades para o setor, Alexandre Toledo sempre atuou com extremo respeito aos produtores rurais, tendo conduzido as políticas públicas voltadas para o agronegócio de forma conciliadora e cordial.

“Neste momento de profunda tristeza, registro o meu reconhecimento e o dos produtores rurais e pecuaristas de Alagoas – categoria que tenho a honra de representar, na condição de presidente da Faeal –, pelo homem que Alexandre Toledo sempre foi, disposto a contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do Estado sem, jamais, se preocupar em ser “a evidência”. Alagoas chora a perda de um dos seus cidadãos mais honrados. De um homem amado pela família, de um amigo admirável e leal. Por aqui, ficam os sentimentos de gratidão e saudade”, afirmou Almeida.

Segundo o presidente da Associação dos Criadores de Alagoas (ACA), Domício Silva, Alexandre Toledo se destacou pelo compromisso e dedicação com as pautas da pecuária, bem com a contribuição para os setores sucroenergético, pecuária de corte e de leite, além do apoio aos programas do setor rural de Alagoas.

“Perdemos um grande amigo e Alagoas um grande cidadão. Nosso reconhecimento e agradecimento pelos serviços prestados ao Estado, por tudo que Alexandre Toledo fez pelo setor da agropecuária como secretário de Agricultura, prefeito de Penedo e deputado federal”, reforçou Domício Silva.

Em nome dos agricultores familiares produtores de leite, o presidente da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA), Aldemar Monteiro, também lamentou a morte de Alexandre Toledo. “É uma grande perda para Alagoas e, em especial, para o setor agropecuário do Estado. A frente da Secretaria da Agricultura ele teve uma atuação de destaque e contribuiu de forma significativa para o segmento da agricultura familiar. Foi um grande gestor público, parlamentar e um produtor rural e empresário de sucesso”, declarou Monteiro.

 



Compartilhe