Turismo e Gastronomia

Fiscalização orienta ambulantes e permissionários na orla marítima


Fonte: Ascom Semscs

27/07/2020 18h00

No sábado (25) e domingo (26), a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) deu continuidade ao trabalho realizado durante toda a semana junto aos ambulantes e permissionários da orla marítima da cidade. Desde a segunda-feira (20), data em que Maceió entrou na Fase Amarela do Plano Estadual de Distanciamento Social Controlado – quando o risco é considerado moderado – a fiscalização tem marcado presença diária na orla, orientando e ensinando sobre a nova dinâmica na areia em decorrência da pandemia.

Alguns banhistas também foram orientados.

“Neste período, estamos fazendo um trabalho de cunho educativo para instruir os ambulantes como montar seu mobiliário de praia respeitando o distanciamento social. Para isso, estamos apresentando o protocolo Experimente Maceió, que trouxe regras e metragens. Nós fizemos algumas medições, tiramos dúvidas e orientamos como fazer a montagem”, explica a coordenadora de Fiscalização de Comércio de Ambulantes e Permissionários, Renata Keyla Amorim.

A coordenadora explicou que a área de ocupação por equipamentos foi reduzida para poder garantir o distanciamento de cada kit praia, que é o conjunto formado pelo sombreiro e quatro cadeiras de praia. Além disso, é necessário manter a distância entre si, respeitando os corredores livres de passagem também. Outras orientações foram sobre higienização, uso correto de máscaras, preferência pelo pagamento eletrônico, limpeza dos equipamentos e uso do álcool 70 por cento, entre outros.

“Tiramos algumas dúvidas e percebemos que muitos estavam preocupados se iriam perder os pontos de trabalho; outros estavam preocupados como manter segurança para eles mesmos e os clientes. É importante clamar para que a população também respeite o protocolo e auxilie os ambulantes para que eles possam retornar às suas atividades de forma segura”, alerta a coordenadora.

Orientações

O protocolo Experimente Maceió estabelece que permissionários e prestadores de serviço devem tomar medidas como: padronizar os equipamentos utilizados pelos ambulantes; obedecer um distanciamento mínimo de três metros entre cada kit praia (conjunto de mesas, 4 cadeiras e sombreiro); ocupar área de 3 m x 3 m (três metros por três metros) por cada kit praia; estabelecer área livre de circulação de 5m (cinco metros) entre cada módulo de mesas, cadeiras e ombrelones (formado pelo ponto de apoio e kits praias); delimitar “zonas livres” com 20 metros de areia livre para uso dos banhistas.

Além disso, deve: reduzir o mobiliário de praia na faixa de areia, por ponto de apoio, a 15 (quinze) kits, em carrinho padronizado; higienizar e sanitizar diariamente seus mobiliários e equipamentos sempre que mude o usuário; priorizar a utilização de máquinas com cartão para pagamento ao invés de utilizar cédulas e higienizá-las, sempre, após cada uso.

Os quiosques e bancas de revista não podem usar mesas, cadeiras, bancos e similares. Barracas, mixes e quiosques devem cumprir as medidas recomendadas para bares e restaurantes. O uso da máscara sobre o nariz e a boca continua obrigatório para todos.

Todas as orientações estão disponíveis no endereço eletrônico http://www.experimentemaceio.com.br/

Não Pode

Permanece proibido na orla, praças e parques do território municipal, até o dia 31 de julho: a prática de atividades físicas ou esportivas coletivas; atividades físicas orientadas por professor de educação; utilização de parques infantis, brinquedos, campos e quadras,aparelhos de ginástica, academias ar livre e demais equipamentos de uso coletivo.

Orla Presente

A Semscs criou o Programa Orla Presente para auxiliar na fiscalização na orla da capital. A primeira etapa de trabalho foi o ordenamento do Domingo de Lazer, realizado antes de ser decretado estado de calamidade em saúde pública em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Além de ter, também, uma atenção especial a pessoas em situação de vulnerabilidade social, outros projetos devem ser implantados dentro deste programa.

Com a retomada das atividades na orla, a segunda etapa consiste no reordenamento da faixa de areia e calçadão da orla marítima. Além da integração entre os setores internos da Secretaria, como a fiscalização de posturas e a Bike Patrulha – da Guarda Municipal -, o Programa tem contando com os parceiros institucionais: Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil, Polícia Militar (PMAL), Programa Ronda no Bairro, Operação Policial Integrada Litorânea (OPLIT), e o grupamento aéreo da Secretaria de Segurança Pública (SSP).



Compartilhe