Turismo e Gastronomia

Governo de Alagoas publica edital para construção do Aeroporto Regional de Maragogi


Fonte: Tribuna Hoje

12/08/2020 10h00

Terça-feira, 11 de agosto de 2020. Três anos depois do Estado de Alagoas assinar o convênio para a construção do Aeroporto Regional de Maragogi, o governador Renan Filho anunciou, depois de mais de 20 anos de espera, o lançamento do edital de licitação para a construção do equipamento mais aguardado pelo trade turístico do Litoral Norte.

O Governo de Alagoas publicou ontem (11) o edital de abertura do processo de licitação para a construção do Aeroporto Costa dos Corais, em Maragogi. A sessão pública em que se dará a Concorrência Internacional nº 01/2020 será no dia 14 de setembro de 2020, às 10h, na sala de reuniões da CPL/AL.

A obra, que vai estruturar o turismo em toda a região, foi comemorada por hoteleiros, sobretudo, da Rota Ecológica e Maragogi, os destinos que certamente serão mais beneficiados com os chamados voos regionais, que devem ser operados a partir do aeroporto.

O governador foi enfático: “O aeroporto é outra obra estruturante fundamental para o desenvolvimento da região e que será 100% realizada com recursos próprios. Certamente vai impulsionar o desenvolvimento do turismo, já que Maragogi é uma das cidades que mais recebem turistas no Brasil entre aquelas que não possuem aeroporto”. O prefeito Sérgio Lira, entusiasta do projeto, afirmou que o aeroporto vai aproximar a região do resto do Brasil.

Na Rota Ecológica, o hoteleiro Nilo Bulgarelli, da Pousada do Toque, falou que a obra do aeroporto é um passo adiante para transformar a região num verdadeiro polo turístico internacional. Já o diretor da Amitus, que é a Associação de Turismo Sustentável de São Miguel dos Milagres, José Veloso, acredita que a partir do funcionamento do aeroporto, mais empresários vão investir na região, tanto em hotelaria, como na parte de restaurantes. ´´Se isso vier acompanhado de mais obras de infraestrutura, como estradas, energia de melhor qualidade e saneamento básico nas cidades turísticas, essa será uma região que não ficará devendo nada para nenhuma outra zona turística em qualquer lugar do mundo´´.

A história da construção do aeroporto foi anunciada ainda no início dos anos 2000 quando o ex-secretário estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Pernambuco na primeira gestão de Jarbas Vasconcelos, Cadoca, que comandava uma plataforma de projetos estruturadores, como a ampliação do Porto de Suape e a política de captação de investimentos, como a do aeroporto da Costa Dourada, que na época seria instalado em território pernambucano, em Ipojuca ou São José da Coroa Grande, mais próximo da divisa entre os dois estados, para beneficiar também o norte de Alagoas.



Compartilhe